PEELING

Categoria: Especialidades estetica clinica Escrito por Super User

O peeling é um tratamento não invasivo que estimula a renovação das células da pele por meio de uma descamação controlada com o uso de substâncias químicas.

O objetivo do procedimento é renovar as células, sendo um método seguro e eficaz.

O procedimento pode ser utilizado para clarear manchas e cicatrizes de acne, além de atuar no tratamento de rugas e linhas de expressão.

Este tratamento pode ainda reverter alguns quadros, como perda de elasticidade e sinais de envelhecimento precoce.

Existem vários peeling´s

O peeling pode ser de dois tipos: físico ou químico.

Peeling físico – por meio de agentes que induzem a descamação mecânica, desde pequenos equipamentos e cremes abrasivos até aparelhos que realizam uma microabrasão na pele por fluxo de cristais – peeling de cristal – ou de pontas de diamantes – peeling de diamante. Alguns dos benefícios podem ser observados logo após uma única aplicação.


Peeling químico - são feitos com a aplicação de agentes químicos, como os ácidos salicílico, glicólico e retinóico, que removem as camadas superficiais da pele, para que depois ela se regenere com uma aparência melhor.

 

Benefícios

Diferentes tipos de peeling’s podem agir na sua pele de maneiras distintas, o profissional é que tem capacidade de identificar a necessidade e indicar o peeling mais adequado. Os procedimentos podem agir de maneira superficial, média ou profunda.
Para além de estimularem o crescimento de uma nova pele, os peelings melhoram a textura e a aparência do rosto.  No entanto, “os resultados variam com o tipo de peeling. Peelings profundos e médios podem ter uma longevidade de anos enquanto o peeling superficial deve ser renovado várias vezes ao ano”.

Do mesmo modo, o  tempo de recuperação depende da profundidade de ação do tratamento. Há sempre um tempo de recuperação, quanto mais não seja porque a pele fica mais sensível depois da ação química.